Prova em blockchain: o que é e comparativo entre as ferramentas disponíveis

Com a crescente digitalização das interações humanas, desponta a necessidade de preservação de provas digitais para o combate de ilícitos cibernéticos. Você conhece a prova em blockchain? Conhece as ferramentas disponíveis para a preservação de itens digitais? Elaboramos um comparativo entre as principais ferramentas do mercado. Há, inclusive, a possibilidade de elaboração de relatórios em blockchain de forma gratuita! Confira.

Pixabay

Pixabay

O que é?

A utilização da blockchain (cadeia imutável de blocos virtuais certificados por códigos hash) na preservação de provas virtuais adiciona um elemento de segurança e confiabilidade a arquivos digitais, que passam a contar com um certificado de que de fato foram extraídas de uma página web determinada, num determinado horário, eternizando seu conteúdo literal e sua forma.

Para que serve?

Comparando as fotos de tela tiradas pelo servidor da ferramenta com as obtidas no computador de quem produz a prova, tem aplicação na preservação de mensagens recebidas em aplicativos, postagens em redes sociais, vídeos, documentos digitais, entre diversas outras possibilidades.

Recepção por tribunais

A preservação de provas em ferramentas que utilizam a tecnologia da blockchain tem tido o valor probatório reconhecido por tribunais no país. Sua utilização na Justiça Eleitoral em processos relativos às eleições de 2020 demonstra que o judiciário tem compreendido a confiabilidade destas soluções.

Tribunais no país, além disso, têm reconhecido expressamente em decisões a validade de relatórios de provas colhidos por estas ferramentas, a exemplo do Tribunal de Justiça de São Paulo, Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, entre outros.

Comparativo de ferramentas & preços

  OriginalMy PACWeb Verifact Hashcool
(Instável)
Preço A partir de €7,99 mensais para três provas R$ 69,00 por relatório com até 50 imagens, 30 min. de vídeo captura com áudio e 50mb de arquivos Gratuito para até 5 registros
R$ 19,90/mês para até 100 registros
Método Captura por extensão no navegador Captura em sistema interno no site da empresa. Necessidade de login em redes sociais inserindo dados Captura por extensão no navegador
O que captura Todas as páginas web que podem ser acessadas pelo navegador, inclusive e-mail e WhatsApp web, com exceção de algumas páginas privadas como chats Todas as páginas web que podem ser acessadas pelo navegador, inclusive e-mail e WhatsApp web, com exceção de algumas páginas privadas como chats Todas as páginas web que podem ser acessadas pelo navegador, com exceção de algumas páginas privadas como chats
Prós Cobrança mensal e escalabilidade É possível inserir vídeo e url no mesmo relatório Valor e escalabilidade
Contras Valor cobrado em euro. Incide IOF e está sujeito à variação cambial Valor elevado por relatório, embora mais barato do que ata notarial Não é possível salvar conversas via WhatsApp web

Elaboração própria – Pianaro Advocacia.